Drogas: um novo olhar

Nenhum governo no Brasil, até hoje, enfrentou o tema com eficiência
08 Enero 2015
Other news

Não se falou em política de drogas nos debates do segundo turno das eleições presidenciais. O Brasil, de modo atípico, tem ficado para trás. O custo do atraso é claro: temos o mais alto número de homicídios do mundo e somos o terceiro maior encarcerador do planeta. Enquanto isso, drogas estão mais baratas e acessíveis e o consumo só faz aumentar. Essa política fracassou. E é possível mudar. (Governo descarta debater liberação das drogas, diz Cardozo)

Quinta-feira, 8 de janeiro, 2014
O Globo (Brasil)