O Futuro é Público

pela Propriedade Democrática dos Serviços Públicos
11 ဒီဇင်ဘာလ အသုံးပြု စကားစု - လအမည် အပြည့်အစုံ 2020
Book

Edição brasileira publicada pelo Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas e pela FENAE - Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal,mediante autorização do Transnational Institute. (Brazilian edition published by the National Committee for the Defense of Public Enterprises and by FENAE - National Federation of Personnel Associations of Caixa Econômica Federal, with authorization from the Transnational Institute.)

 

Baixe o livro completo aqui.


A resistência à privatização transformou-se numa poderosa força de mudança. (Re)municipalização refere-se à recuperação da propriedade pública de serviços, bem como à criação de novos serviços públicos. Nos últimos anos, a nossa investigação identificou mais de 1.400 casos bem sucedidos de (re)municipalização envolvendo mais de 2.400 cidades em 58 países em todo o mundo.Mas este livro é sobre mais do que apenas números. Mostra que os serviços públicos são mais importantes do que nunca face à catástrofe climática, ao aumento das desigualdades e à crescente instabilidade política. Em conjunto, organizações da sociedade civil, sindicatos e autoridades locais estão elaborando novos modelos para expandir a propriedade pública democrática a todos os níveis da sociedade e abrindo novos rumos para serviços públicos dirigidos pela comunidade e com consciência climática.A crise do Covid-19 tornou claros os efeitos desastrosos de anos de austeridade, cortes na seguridade social e privatização dos serviços públicos. Mas também demonstrou que os serviços públicos e as pessoas que os operam são verdadeiramente a base de sociedades saudáveis e resilientes.Enquanto a privatização falha, um crescente movimento internacional está escolhendo a (re)municipalização como um instrumento chave para redefinir a propriedade pública para o século XXI.

ဆွဲချရယူရန်: 
O Futuro é Público(pdf, 5.79 မီကာဘိုက်)